Nebulosa

A ficção científica e a fantasia vistas deste lado da periferia e suas memórias.

A sabedoria dos mortos

A sabedoria dos mortos
Rodolfo Martinez

“Durante a investigação de um estranho caso de suplantação de personalidade, o famoso detective de Baker Street vê-se envolvido numa intriga feroz entre duas seitas luciferinas – o lendário Amanhecer Dourado e a franco-maçonaria egípcia – pela posse do livro mais poderoso alguma vez escrito, o livro que abre as portas do próprio Inferno: o tenebroso e amaldiçoado Necronomicon.

Rodolfo Martinez coloca frente a frente dois dos grandes mitos literários de todos os tempos: o intelecto de Sherlock Holmes e a imaginação de H. P. Lovecraft. O resultado é uma narrativa apaixonante que poderia estar assinada pela própria pena de Sir Arthur Conan Doyle.”

A Sabedoria dos Mortos traz-nos novas historias de Sherlock Holmes, desta vez com um toque de irreal e do imaginário. O livro é composto por 3 historias: “A Sabedoria dos Mortos”, “Desde a Terra mais além do Bosque” e “A Aventura do Assassino Fingido”.

Nas duas primeiras historias o autor tem uma ideia engraçada, não original, mas que consegue desenvolver com algum interesse. No primeiro caso Sherlock Holmes enfrente um antepassado de Lovecraft (possivelmente avô) que tenta roubar o famoso Necronomicon, no outro caso Sherlock Holmes enfrenta Dracula com a ajuda de Van Helsing o Dr. John Seward.
Por um lado para quem não conhecer Lovecraft e todo o mundo lovecraftiano, o primeiro conto permite-nos sentir um ligeiro toque desse mundo de terror. Misterios que ficam sem resposta, referencia ao Livro dos Mortos designado por Necronomicon. Pequenos seres malignos com poderes sub-naturais, sem nunca sair do mundo de Holmes. Por outro lado para quem gosta de Sherlock Holmes terá aqui hipótese de quase rever Holmes em mais algumas investigações.

O autor peca por tornar a acção demasiado lenta no caso da primeira historia. Rodolfo Martinez perde-se no desenvolvimento da acção em pro do relacionamento de Holmes e do Dr. Watson. Esta tentativa de desenvolver o relacionamento de ambos faz as personagens afastarem-se um pouco das personagens a que Arthur Conan Doyle nos habituou.
O segundo conto é bastante corriqueiro, sem nada de novo nem extraordinário, mas que no meu caso me agradou mais, por envolver o Dracula. O terceiro conto, é provavelmente o que mais se aproxima do verdadeiro Sherlock Holmes.

No livro em si, o que me deixou confusa foi a aversão do autor ao Arthur Conan Doyle, pois o Rodolfo Martinez introduz o Conan Doyle como personagem no primeiro conto, caracterizando-a bastante negativamente, o que não joga a favor de Rodolfo Martinez.

Anúncios

Agosto 7, 2011 Posted by | Asturias, Espanha, Fantasia, fantasy, MGL, Rodolfo Martinez | 1 Comentário

Semana Negra de Gijón, Asturias

Vencedora do prémio Minotauro e escritores participantes no debate sobre as fronteiras quase estanques em que se converteram os géneros literários e uma última com o mítico e duas com John Ramsey Campbell. Quem sabe um dia também teremos algo assim por cá.

 La escritora catalana Montse de Paz posa con la estatuilla del Premio Minotauro que obtuvo por su novela “Ciudad sin estrellas”, una obra que aborda los conflictos humanos de la vida en las grandes urbes con un estilo más propio de las novelas de caballeros que de la ciencia ficción en la que se la ha encasillado, a su llegada a la Semana Negra de Gijón. EFE/Alberto Morante   Fuente: EFE   23/07/2011 18:34:00
 El escritor y editor británico John Ramsey Campbell, posa momentos antes del encuentro que ha mantenido con el público en el marco de la Semana Negra de Gijón, en el cual ha hecho un balance de su vida y de su obra. EFE/Alberto Morante   Fuente: EFE   24/07/2011 19:07:56
 El escritor y editor británico John Ramsey Campbell, acompañado por su esposa Jenny (d) y por el director de la Semana Negra de Gijón, Paco Ignacio Taibo (c), pasean por las calles de la localidad asturiana momentos antes del encuentro que ha mantenido con el público en el que ha hecho un balance de su vida y de su obra. EFE/Alberto Morante   Fuente: EFE   24/07/2011 19:07:55
 El escritor Rodolfo Martínez junto a tres de sus libros, durante su intervención hoy en el debate sobre las fronteras casi infranqueables en las que se han convertido los géneros literarios, en la segunda jornada de la Semana negra de Gijón. EFE/Alberto Morante   Fuente: EFE   23/07/2011 18:34:00
 El escritor Juan Miguel Aguilera tras participar en el debate sobre las fronteras casi infranqueables en las que se han convertido los géneros literarios, en la segunda jornada de la Semana negra de Gijón. EFE/Alberto Morante   Fuente: EFE   23/07/2011 18:34:01

Julho 25, 2011 Posted by | Aguilera, Asturias, Campbell, ciencia ficción, Espanha, ficção científica, Gijón, Martínez, Montse de Paz, Science Fiction, Semana Negra | Deixe um comentário

Parsifal

Durante os anos 80 quase todas as regiões de Espanha tinham fanzines e grupos activos ligados à ficção científica e fantasia e assim na cidade de Gijón, nas Asturias, apareceu Parsifal que dava especial destaque à Poesia

Tinha também um endereço próprio para “las protestas,insultos e amenazas de muerte”

Abril 25, 2010 Posted by | Asturias, ciencia ficción, Espanha, ficção científica, Gijón, Parsifal, Science Fiction, Spain | Deixe um comentário