Nebulosa

A ficção científica e a fantasia vistas deste lado da periferia e suas memórias.

Pérolas – entre o desconhecimento e o quero lá saber …

O “natural” desprezo que certos continuam a votar à ficção científica em vez de desaparecer continua bem enraizado. Vejam lá ao que chega o desleixo e a arrogância.
http://daliteratura.blogspot.pt/2014/10/ray-bradbury.html
http://daliteratura.blogspot.pt/2014/10/ray-bradbury.html
E bastava ter consultado a Bibliowiki do Jorge Candeias
http://bibliowiki.com.pt/index.php/Ray_Bradbury
e não tinha feito esta figurinha.
Anúncios

Novembro 3, 2014 Posted by | ciencia ficción, crítica, Eduardo Pitta, fantascienza, ficção científica, Paraliteratura, pérola, Ray Bradbury, Science Fiction | Deixe um comentário

Dark Futures in Projection (14-15 Novembro 2013 — Faculdade de Letras da Universidade do Porto)

Outubro 25, 2013 Posted by | Centre for English, CETAPS, CITAR, Fahrenheit 451, FLUP, Porto, Portugal, Ray Bradbury, Translation and Anglo-Portuguese Studies, Universidade Católica | Deixe um comentário

Um acontecimento insólito …

Fui alertado pelo meu filho para o que vem a seguir:

e ainda se lhe segue um artigo sobre o filme do Truffaut.
 Será que foi desta que se furou o cerco?

Outubro 16, 2013 Posted by | E-nigma, EB23 Filipa de Vilhena, Ensino, Fahrenheit 451, ficção científica, Filme, François Truffaut, Jorge Candeias, Porto, Portugal, Português, Ray Bradbury, Science Fiction | Deixe um comentário

Somnium nº 103, editada pelo CLFC

Somnium 103 disponível para download

Julho 29, 2012 Posted by | Brasil, ciencia ficción, CLFC, Fandom, fantascienza, Fanzine, ficção científica, Prémio Argos, Ray Bradbury, revista, Science Fiction, Somnium | Deixe um comentário

A Cidade Fantástica – Ray Bradbury

Colecção Argonauta nº 108, Livros do Brasil, 1966, Dandelion Wine,1957. Capa de Lima de Freitas.

Setembro 1, 2011 Posted by | Argonauta, ciencia ficción, fantascienza, ficção científica, Lima de Freitas, Livros do Brasil, Portugal, Ray Bradbury, Science Fiction | Deixe um comentário

Fahrenheit 451 (1966), François Truffaut

A obra de um americano adaptada por um europeu, o que lhe transmite uma lógica muito especial.

Novembro 1, 2010 Posted by | Fahrenheit 451, ficção científica, filmes, François Truffaut, Ray Bradbury, Science Fiction | Deixe um comentário