Nebulosa

A ficção científica e a fantasia vistas deste lado da periferia e suas memórias.

Nova Cultura (17 de OUTUBRO, na FCSH-UNL)

Ao longo deste dia prevêem-se encontros com autores portugueses e com elementos do mundo editorial. Neste momento está programado:

• 10h00 – Um painel acerca da Literatura Fantástica em Portugal (Com Autores Frederico Duarte e Rafael Loureiro e autora de blog Literário Sofia Teixeira). Moderação por Maria do Rosário Monteiro.

• 15h00 – Lançamento da revista literária Nanozine (Com editora Alexandra Rolo) e palestra com o tema “A Edição de Revistas em Portugal”, com Alexandra Rolo, Rogério Ribeiro e Roberto Mendes. Moderação por Marisa Torres da Silva.

• 18h00 – Nanothon – competição de escrita, com a duração de duas horas (com auxílio de Alexandra Rolo).

Todas as actividades serão na Sala 6, no rés do chão do edifício ID


Anúncios

Outubro 4, 2012 Posted by | Alexandra Rolo, FCSH-UNL, Lisboa, Maria do Rosário Monteiro, Nanozine, Nova Cultura, Roberto Mendes, Universidade Nova de Lisboa | Deixe um comentário

Mensageiros das Estrelas – Episódio II Colóquio Internacional de Ficção Científica e Fantasia

Já tem cartaz, falta programa e lista final de convidados.

Maio 22, 2012 Posted by | ciencia ficción, fantascienza, ficção científica, Lisboa, Mensageiros das Estrelas, Portugal, Science Fiction, Universidade Nova de Lisboa | Deixe um comentário

Colóquio "Ficção e Cibercultura" – FCHS – Universidade Nova de Lisboa (1 e 2 de Março 2012)

Colóquio “Ficção e Cibercultura”

1 e 2 de Março
Auditório 1, Torre B, FCSH/UNL
Organização: Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Este colóquio é uma das actividades de divulgação do projecto «A Ficção e as Raízes da Cibercultura» (PTDC/CLE-LLI/099000/2008), actualmente em curso no Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens (CECL), sob a direcção de Jorge Martins Rosa, docente do departamento de Ciências da Comunicação.
Pretende-se com este evento abrir a discussão a investigadores deste e de outros centros acerca do papel da ficção científica, mais concretamente de obras publicadas entre 1870 e 1970, numa genealogia dos discursos contemporâneos da cibercultura.

O Colóquio terá o seguinte alinhamento, procurando cobrir um conjunto alargado de dimensões onde esse papel foi identificado como relevante:
Sessão 1, Dia 1 de Março, 10h-11h15m
“Em Busca das Origens”
Moderador: Maria Augusta Babo

Comunicações:

  • Maria Aline Ferreira, «Cérebros em Tanques e Corpos Trocados: A Génese de uma Fantasia»
  • Margarida Medeiros, «Feitiço e Feiticeiro: O Caso do Dr. Berkeley ou Como Ver através do Outro na Mesa do Laboratório»
  • Artur Alves, «Faces da Tirania na Era Pós-Humana: “The Machine Stops” de E. M. Forster»

Sessão 2, Dia 1 de Março, 11h30-13h
“Diálogos I: Entre o Cânone e os Géneros”
Moderador: Luís Filipe Teixeira

Comunicações:

  • Maria Augusta Babo, «O Lugar do Leitor numa Arqueologia da Ciberliteratura: Estudo de Casos»
  • Isabel Brison, «Cérebros em Caixas Mecânicas: Cyborgs avant la lettre em H. P. Lovecraft e C. L. Moore»
  • Rui Pereira Jorge, «Krapp’s Last Tape de Samuel Beckett e a Construção de Narrativas»

Sessão 3, Dia 1 de Março, 14h30-16h
“Diálogos II: A Ficção em Imagens”
Moderador: Jacinto Godinho

Comunicações:

  • Filipe Luz, «SF e Animé: Os Encantadores Monstros do Período Pós-Guerra»
  • Ana Barroso, «New Frontiers, Old Values: Representações de Colonialismo e Racismo em Do Androids Dream of Electric Sheep? e Blade Runner»
  • Patrícia Proença, «O Mundo de Perky Pat e as Imagens Stock»
  • Paulo Quadros, «Star Trek: Literatura, Filosofia, Ciência e Tecnologia – Campos Hibridizantes de Tensão entre o Imaginário e a Realidade Ficcional»

Sessão 4, Dia 1 de Março, 16h15-17h45
“If This Goes On…: Ficção Científica e Sociedade”
Moderador: António Fernando Cascais

Comunicações:

  • Manuel Bogalheiro, «O Lugar da Distopia na Ficção Científica: Para uma Projecção Crítica do Futuro»
  • Daniel Cardoso, «Ficção Científica (Social): As Ténues Fronteiras entre Real e Ficção»
  • Paulo Tavares, «Os Livros sem Leitores»

Sessão 5, Dia 2 de Março, 10h-11h30m
“Espaços da Ficção”
Moderador: Fernando Clara

Comunicações:

  • Gonçalo Furtado, «O Espaço na Cibercultura: Pressupostos e Promessas na Produção Ficcional (Literatura Sci-Fi, Arte e Arquitectura)»
  • José da Costa Ramos, «Calle Garay, 1941: Borges, Geografia e Ciberespaço»
  • Sandra Bettencourt Pinto, «Espaços Cibernéticos: «El Aleph», Los Angeles, Anarquitectura e Realidade Aumentada»
  • João Rosmaninho, «Visões Arquitectónicas do Futuro na Ficção»

Sessão 6, Dia 2 de Março, 11h45m-13h30m
“Entre Passado e Futuro: O Imaginário Tecnológico”
Moderador: Jorge Martins Rosa

Comunicações:

  • Maria do Rosário Monteiro, «People e Underpeople, ou Possíveis Involuções e Evoluções da Humanidade»
  • Raquel Botelho, «Não, Ainda não nos Teletransportamos»
  • Herlander Elias, «Reflexos do Passado: Ficção Científica e Tecnocultura»
  • António Fernando Cascais, «O Corpo Metamórfico na Ficção Científica»

O Colóquio terá duas modalidades para a assistência:
1. Entrada livre, sem creditação nem certificado de presença.
2. Entrada sujeita a pagamento, com avaliação. Será entregue certificado de presença e atribuído 1 ECTS. Poderá pré-inscrever-se nesta modalidade (sujeita a um número mínimo de 7 participantes) enviando um e-mail para fictioncyberculture@gmail.com

Fevereiro 25, 2012 Posted by | CECL, ciencia ficción, colóquio, Congresso, fantascienza, FC, FCSH, ficção científica, Lisboa, Science Fiction, Universidade Nova de Lisboa | Deixe um comentário

A literatura "negra" ou de terror em Portugal (séculos XVII e XIX) – Maria Leonor Machado de Sousa (1978)

Um brilhante ensaio que nos fala da literaturanegra em Portugal (séculos XVII e XIX). 
Foi durante o I Congresso de Literaturas Marginais que decorreu na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, decorria o ano de 1987 que a conheci, quando apresentei, aquela que julgo ser a primeira apresentação em congresso, uma comunicação sobre a ficção científica. Lembro-me de que foi meu colega na sala o Francisco José Viegas que apresentou uma comunicação sobre o policial. Apesar de tudo tivemos lugar para “defender as nossas damas”, ao contrário do que se veio a verificar em situações depois. Para meu espanto a Professora veio falar comigo no fim e pude-lhe dizer o quanto me tinha agradado este seu livro.

Outubro 7, 2010 Posted by | Faculdade de Letras do Porto, Fantástico, gótico, horror, Maria Leonor Machado de Sousa, Portugual, Terror, Universidade Nova de Lisboa | 5 comentários

O «Horror» na Literatura Portuguesa – Maria Leonor Machado de Sousa

Por vezes os milagres acontecem e assim em 1979, o Instituto de Cultura Portuguesa, publicou esta obra sobre um dos géneros ligados ao fantástico. Por certo tal aconteceu por a autora ser uma proeminente académica portuguesa, mas o mais importante e independentemente das motivações, a verdade é que  a publicação de uma obra destas é fundamental para que os géneros ligados ao fantástico deixem de ser encarados como menores.

Já no ano anterior Maria Leonor Machado de Sousa tinha publicado «A literatura “negra” ou “de terror” em Portugal (séculos XVIII e XIX)», 1978, Editorial Novaera (Lisboa).

Abril 27, 2010 Posted by | Academia, horror, Instituto de Cultura Portuguesa, Maria Leonor Machado de Sousa, Portugal, Terror, Universidade Nova de Lisboa | 2 comentários